CUIDADO E CONSERVAÇÃO DO SEU PRODUTO DE COURO

COMO USAR COURO NO VERÃO?
13/01/2017
Editorial – FRESH LEATHER
01/03/2017
CUIDADO E CONSERVAÇÃO DO SEU PRODUTO DE COURO
Share

Saiba como cuidar das suas peças da melhor forma:

As peças de couro exigem cuidados que interferem diretamente no seu tempo de vida. Guardá-las usadas, em fundo de armários e dentro de sacos plásticos desencadeiam diversos problemas de conservação. Alguns fatores tais como: luminosidade, temperatura, umidade, uso (manuseio, fricção) e até os procedimentos de limpeza são os responsáveis pelo envelhecimento e desgaste do couro.

Os consumidores têm muitas dúvidas: Não lavar? Lavar a seco? Lavar com especialistas? É possível dobrar as peças? Como guardá-las adequadamente? Devemos expô-las ao sol?

A falta de informação confunde os clientes e até os prestadores de serviços de lavanderia, pois em alguns casos pode-se verificar que as indústrias de confecção de couro aplicam etiquetas com recomendações adversas à natureza da matéria-prima. Então reunimos algumas informações para lhe auxiliar nos cuidados com seu produto de couro e para mantê-lo sempre com ótima aparência:

– Luz: A intensidade da luz incidente é muito importante, pois os raios ultravioleta e infravermelho de algumas fontes luminosas atuam diretamente sobre o couro, alterando a cor, brilho e suas propriedades físicas. Aconselha-se a menor exposição possível do couro à luz, quando não estiver em uso.

– Armazenamento: Não guarde seus objetos de couro em caixas fechadas, embalagens plásticas ou no fundo de armário, pois o couro necessita respirar. Quando as peças não estiverem em uso, procure deixá-las em local arejado. De preferência, pendure as peças de couro do lado avesso, em cabides, para deixar no armário. Para evitar poeira, podem ser cobertas com um pano fino, como capas de TNT, mas nunca dentro de sacos plásticos. As peças que por falta de espaço não puderem ficar penduradas, podem ser dobradas pelo avesso para serem guardadas, mas não deixar dobradas no armário por muito tempo para evitar a formação de vincos (amassados) que podem virar defeito.
Evite deixar os anti-mofos do armário próximo das roupas, pois é comum a ação química do produto agir diretamente na umidade do couro, danificando-o.

– Limpeza: Após o uso e antes de colocar a peça no guarda roupa, deixá-la pendurada em local ventilado para perder o excesso de umidade. O mesmo vale para sapatos, bolsas e outros acessórios. Nunca guarde roupas de couro sujas, pois o suor aliado à falta de ventilação contribui para a proliferação das bactérias e o surgimento de bolor. Não lavar na máquina, se necessário passe apenas um pano úmido.

– Umidade: O excesso ou a falta de umidade no couro provocam alterações em itens como: densidade, superfície, flexibilidade, elasticidade. Vale lembrar que a capacidade que o couro tem em absorver umidade depende do tipo de curtimento que recebeu.

– Mofo: para remover o mofo use um pano umedecido em vinagre com álcool branco, ou água com um pouquinho de detergente neutro ou sabão de coco, em seguida retire o excesso com o pano umedecido com água. Finalize com um pano seco. Deixe arejando na sombra até secar bem.

– Temperatura: A temperatura ambiente também interfere diretamente na sua conservação. A variação térmica é fator determinante na propagação de bactérias e temperaturas elevadas atuam como fator potencializador de todos os demais problemas oriundos deste material. Nunca deixe sua peça de couro no sol, pois irá ressecá-la e desbotá-la.

– Amassados: Se sua peça estiver amassada, deixe-a pendurada. Mas se precisar, pode passar, mas cuidado: para passar à ferro, deve-se colocar um tecido de composição 100% algodão em cima da peça de couro (entre a peça e o ferro) e passar pelo lado avesso, mantendo uma temperatura mínima.

– Hidratação: O couro é uma pele e deve ser hidratado para não ressecar, rachar e estar sempre brilhoso e bonito. Passar creme hidratante (pode ser de pele mesmo) com um pano, de preferência na cor branca e sem perfume. Nós indicamos sempre os cremes Nívea (o da latinha é desaconselhado por ser muito denso), que além de dar brilho, limpam e deixam a peça hidratada. Espere o creme secar antes de guardar.

 

Esperamos que essas dicas tenham esclarecido alguns “mitos”. O que você achou? Conta pra gente!

Beijos, equipe ATHERA.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *